Coreia do Sul pagou 11 milhões de reais para ter boa imagem no filme “Vingadores: A era de Ultron”

O governo sul-coreano pagou uma quantia esmagadora de aproximadamente 11 milhões de reais para os produtores de “Os Vingadores” assegurarem que o país seria mostrado de maneira positiva.
Muito do filme, vindo dos quadrinhos ‘Vingadores: A era de Ultron’, foi filmado em Seul e o ministro da cultura do país concordou de cobrir um terço dos custos de filmagem na cidade para que a Coreia do Sul fosse mostrada como “high-tech” e “moderna”.

O uso de fundos públicos foi profundamente criticado pelos sul-coreanos – que estão esperando o lançamento do filme, e se ele irá realmente dar uma levantada na reputação do país e tirá-lo das sombras de seus vizinhos na fronteira nordeste da Ásia.
A iniciativa coreana se junta a iniciativa mexicana que foi feita aos produtores da Sony Entertainment e MGM para que mostrasse o país de forma positiva no filme “Spectre”, por 20 milhões de dólares.

No set: Chris Evans vestido como Capitão América a filmar. Avengers: Age Of Ultron teve início no distrito Sangam-dong de Seul, Coréia do Sul no ano passado.
No set: Chris Evans vestido como Capitão América a filmar. Avengers: Age Of Ultron teve início no distrito Sangam-dong de Seul, Coréia do Sul no ano passado.

Kim Young-gun, responsável pelo KOFIC (Conselho Coreano de Filmes) para incentivar filmes estrangeiros a serem rodados no país, disse que o filme poderia transformar Seul, a qual tem sido ignorada por Hollywood em relação às cidades de países vizinhos.

Ele contou a MailOnline: “Se nós tivessemos esse tipo de filme, o qual mostra a Coreia de maneira positiva. Então pensamos que a imagem sobre a Coreia poderia ser mudada de maneira positiva.

As locações do filme incluem o Gangnam Boulevard, imortalizada pelo hit pop Gangnam Style, e as pontes Cheongdam e Mapo que atravessam o rio Han.

Antes de a filmagem começar ano passado, o governo local e a indústria cinematográfica assinaram um acordo o qual os produtores assegurariam mostrar o país de maneira positiva.

Em um memorando, o Estúdio Marvel concordou de ‘mostrar a Coreia como high-tech, um país moderno e evitar mostrar a Coreia do Sul de qualquer maneira negativa’.
Em retorno, o Ministério da Cultura do país concordou em pagar 30% dos custos de produção em Seul, algo em torno de 11 milhões de reais.
Somente no lançamento eles iram saber se isso ira alavancar a imagem internacional da capital e fazê-la icônica como outras metrópoles asiáticas, a exemplo de Tóquio.

O investimento coreano está sendo pesado. Confira esta outra matéria sobre os investimentos culturais sul-coreanos.

Kim disse: ‘”O KOFIC e o Ministério do Turismo e Cultura também estão preocupados em como eles irão mostrar a Coreia no Filme”.

O KOFIC estimou que a sequência do sucesso de 2012 “Os Vingadores”, o qual apresenta um casting de atores e atrizes incluindo Scarlett Johansson e Robert Downey Jr., poderia atrair 620 mil turistas extras ao país.

Kim sabe que houve criticas dentro do país por ter sido gasto dinheiro público, mas ele disse que o dinheiro foi posto em bom uso, dizendo que os produtores americanos já expressaram grande interesse no país.

Uma fonte americana próxima da produção do filme disse entretanto que, a Marvel não alterou nada na produção para agradar os oficiais coreanos.

“Se houve um tratado assinado ou um ‘subsidio’ envolvido, a Marvel estará sempre pondo a criatividade e o script em primeiro lugar. E se eles forem filmar em uma área que os oferece incentivo, isso é somente um bônus, isso é extra, bom para eles,” disse a fonte.

A equipe de produção no distrito de Sangam-dong de Seul, Coréia do Sul no ano passado durante as filmagens para Avengers: Age Of Ultron.
A equipe de produção no distrito de Sangam-dong de Seul, Coréia do Sul no ano passado durante as filmagens para Avengers: Age Of Ultron.

A mídia em uma Coreia do Sul extremamente nacionalista reclamou que o país tem sido negligenciado ou mal interpretado por Hollywood.

A rede sul-coreana KBS disse que o país sempre tem participações pequenas nos filmes, em comparação com a Coreia do Norte. Seul, disseram, tem sido mostrada de forma indistinguível de Tóquio.

Nina Juna, administradora sênior de assuntos internacionais do KOFIC, disse que algumas aparições anteriores de Seul nas telonas irritaram os coreanos. Ela disse: “A descrição de Seul do futuro em ‘Cloud Atlas’ pareceu uma cidade japonesa do futuro, não uma cidade coreana”.


Fonte: Dailymail
Tradução e adaptação: Revista KoreaIN

Anúncios

Um comentário sobre “Coreia do Sul pagou 11 milhões de reais para ter boa imagem no filme “Vingadores: A era de Ultron”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s